Muitos cristãos deixam de casar na igreja, principalmente por questões econômicas. No entanto, realizar uma cerimônia religiosa não é obrigação de um casal, embora precisam da bênção do Senhor.

Vale ressaltar, que na época bíblica não existia cartórios, logo, os casamentos religiosos tinham validade legal para o Estado.

Com o passar do tempo, as mudanças foram acontecendo na sociedade. Em relação ao Brasil, as leis regulam o casamento, por isso, as religiões aconselham o casamento tanto no civil quanto no religioso.

É claro que o crente quer que sua união seja selada por Deus, todavia, a Bíblia não ensina que para que isso aconteça deve acontecer uma cerimônia religiosa pomposa, sobrecarregando os gastos e levando o casal a contrair dívidas já no início do relacionamento.