O Flamengo trabalha com paciência na busca do substituto de Jorge Jesus. Com representação do elenco adiada para quarta-feira, o clube estica a corda até a semana seguinte para que o novo comandante chegue ao Ninho do Urubu e avalia o mercado com prateleiras bem definidas por ordem de preferência: um novo português, um estrangeiro de outra nacionalidade e, por fim, um brasileiro.