Há cinquenta anos, Carlos Alberto Torres, o capitão de uma seleção que muitos consideram a melhor de todos os tempos, ergueu a Taça Jules Rimet. Era a terceira vez que os brasileiros celebravam a conquista, e, assim, puderam definitivamente dizer que a Taça do Mundo era nossa.

O escrete brasileiro se classificou para a Copa de 1970, no México, com uma campanha impecável. Com números expressivos, o time ganhou o apelido de "As Feras do Saldanha", e tudo ia bem até às vésperas do torneio, quando o treinador foi demitido por divergências com a CBD.

arte eliminatorias - infoesporte
arte pra frente brasil - infoesporte

Composta por Miguel Gustavo, autor de diversos jingles de sucesso, a canção "Pra frente, Brasil", que inspirou o time na busca pelo título, surgiu de um concurso promovido pelos patrocinadores da transmissão dos jogos na televisão. A letra citava o tamanho da população do país na época: 90 milhões. Hoje, passamos dos 200 milhões de brasileiros.

arte vitrola - infoesporte
arte os convocados - infoesporte

Com a saída do técnico João Saldanha, quem o substituiu foi Mário Jorge Lobo Zagallo, bicampeão mundial como jogador, que iniciara sua carreira de treinador quatro anos antes, em 1966. Todos os 22 convocados pelo Velho Lobo atuavam em times brasileiros. Ao todo, onze clubes cederam craques para a formação do time tricampeão.