31 de dezembro de 2019 às 10:22

Com dificuldade em ver os filhos, Hulk processa a ex por alienação parental.


Crédito:Reprodução/Instagram

O jogador Hulk Paraíba enfrenta uma batalha judicial contra a ex-mulher, Iran Ângelo. Ao todo, são três processos que correm na Justiça Brasileira envolvendo os dois. Em uma das ações, Hulk decidiu processar a ex mulher por dificultar o contato com seus três filhos, Ian, de 10 anos, Thiago, de 8, e Alice, de 6. O processo é "por dificuldades de ver e ter informações dos filhos", disse Marisa Alija, advogada do jogador, à Coluna Leo Dias, nesta segunda-feira (30).


Segundo a advogada de Hulk, desde o fim de agosto, quando ocorreu a separação do casal, Iran tem dificultado o acesso do jogador aos filhos. Hulk e as crianças estiveram juntos durante o Natal, mas o Réveillon será longe do pai, já que os dois meninos e a menina ficarão com a mãe. Os outros dois processos entre Hulk e Iran são referentes à partilha dos bens e para que fosse cumprida uma sentença anterior sobre as férias das filhos do casal, informações confirmadas pela representante legal do jogador.

O relacionamento de Hulk com Camila foi noticiado em primeira mão pela Coluna Leo Dias às vésperas do Natal e, desde então, detalhes sobre a relação dos dois e sobre a tentativa de um acordo de divórcio amigável do jogador com a ex-mulher vieram à tona. Segundo informações da assessoria do atleta, Hulk transferiu para a ex-mulher 100 milhões de reais e ainda colocou à disposição para que ela escolhesse metade dos 80 imóveis que ele tem, mas ela não teria aceitado o acordo, preferindo decidir a questão judicialmente. Em nota divulgada por seus advogados, após conversa com a Coluna, Iran disse que a família está devastada. Ela lamentou toda a exposição do caso, criticando a postura .



Fonte: Blog Léo Dias

comentários

Estúdio Ao Vivo